"Abra o Canal D, por favor"


Durante 1964 e 1968 não existiam celulares e muito menos telecomunicações via satélite. Assim, um dos mais fascinantes gadget da série O Agente da UNCLE foi o comunicador disfarçado de caneta usado pelos agentes. 

Onde estivessem pelo mundo, eles tiravam o aparelhinho metálico do bolso, davam uma torção na tampa e puxavam uma anteninha. Quase sempre pediam para que o Canal D fosse aberto. (Haviam outros canais, mas o D era o mais usado). Em segundos os homens da UNCLE estavam falando entre si ou com o chefe Alexander Waverly em New York.


"Abrir o Canal D" virou um gesto simples de ser imitado. Qualquer fã podia puxar uma esferográfica do bolso e fingir que combinava os detalhes da missão imaginária com o senhor Waverly.

Comments

Popular Posts